segunda-feira, 28 de junho de 2010

lugar legal.


os melhores lugares são aqueles que nos deixam livres.
livres para chegarmos e partirmos sem sermos observados, comparados e/ou pré-julgados.
lugares legais são aqueles em que conhecemos as pessoas ao acaso e para estas o que mais importa é o que somos naquele momento e não o que fazemos para conseguirmos nosso sustento.
para nossa felicidade, lugares assim são muitos.
para minha infelicidade, esse lugar não é aqui.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

bilhetinho.


deixei guardado aquele bilhete para que você o encontre somente
na noite em que a estrela que vimos juntos
sorria para nós e nos diga qual direção seguir.

se o bilhete estiver azul, talvez devamos ir ao mar.
se estiver verde, talvez devamos ir ao mato.

domingo, 20 de junho de 2010

dia amargo.

é quando a saudade dói, a barriga gela e o corpo treme. é aquele em que você olha ao redor e percebe o quanto as pessoas são incapazes de reconhecer que magoaram alguém. se a razão dá-se a quem tem... em dias amargos, a palavra "desculpa" não existe no dicionário. mas, para que o dia não termine com esse gosto, encerre-o com a imagem de um sorriso de calma, mesmo que este sorriso seja o seu.

quarta-feira, 16 de junho de 2010

por falar em doce.


não é só na boca que se sente o doce porque os nossos ouvidos também são capazes de sentir a delícia desse gosto.
tudo que toca e escutamos sem doer é doce.
portanto, por falar em doce...
Doce é a voz dela.

e o gosto ficou ainda mais açucarado ao ouvi-la cantar no Piauí.