terça-feira, 8 de outubro de 2013

louca eu, louco você.


Loucos somos nós que não temos coragem,
que não conseguimos mudar os nossos planos
preferimos o apego à uma terra que não floresce mais a tentar uma colheita em outro lugar.

Loucos somos nós que não pegamos estrada de um jeito atrevido
e não (re)começamos do zero,
com o coração na mão, ideias na cabeça e sede de experimento.

Loucos somos nós, os medrosos.