desarrumar a mala.

A tarefa agora é desarrumar a mala.

Isto não é das tarefas mais fáceis, confesso.
Tirar a roupa suja e sentir nela o cheiro de tudo que passou dá um aperto no peito.
É bom porque tudo que era para ser vivido aconteceu, nem sempre da melhor maneira, mas aconteceu e agora você está de volta para relatar.
É ruim porque nem tudo de lá cabe na mala e devido a isso muita coisa tem que ficar para trás. Pode ser que você volte para pegar o que ficou ou o que ficou irá até você ou somente ficará para trás.
Desarrumar a mala é organizar as boas lembranças porque são elas as reponsáveis por você poder dizer diante de tudo que passou: Valeu à pena!!!

A tarefa agora é guardar a mala até a próxima viagem!


Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés para entender o que é seu e para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor.
Conhecer o frio para desfrutar o calor. E o oposto.
Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o próprio teto.
Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos e não simplesmente como é ou pode ser, que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos e simplesmente ir ver.

4 comentários:

Elcio disse...

é a primeira vez q vejo de modo tao poetico esse momento tao chatinho...rss

parabéns.

www.instantes.blogger.com.br
esse endereço q esta valendo ok?

é isso ai.
bjs

Biani Luna disse...

é verdade..
gostoso de ler bjbjo

Donaella disse...

Precisava mesmo ler isso antes de viajar... "o que importa não é chegar, mas a viagem." Filme Carros
beijo querida

Gabi disse...

sempre d-e-t-e-s-t-e-i! desfazer uma mala, mas nunca sob esse ponto de vista!
é tão bom mudar de vez em sempre!!
besitos!

Postar um comentário

Deixe seu lapso aqui.