no jardins.


Se todo carnaval tem seu fim,
Todas as virtualidades também.
Conosco, elas tiveram seu fim, ali, no começo...
Quando nos encontramos no Jardins.
Talvez a falta das flores provocou o dissabor dos aromas que elas exalam.
Na terra da garoa, os pingos não foram outra vez de amor
E na promessa de voltar,
Preferiu ir para outro lugar.

3 comentários:

Donaella disse...

A vida é feita de ciclos, nem todos se encerram, mas as vezes ganahm novos contornos.
Seja o que for ... que seja bom!
Bjos

Marília Costa disse...

nem sempre o mais fácil é o melhor, nem o melhor é o mais fácil!
temos que contar com as eventualidades!
Beijos

Rosinha disse...

Concordo com Donaella.
Seja o que for, mas que seja doce.

xero

Postar um comentário

Deixe seu lapso aqui.