ele está assim.

Sem ter o que falar, sentir e o que lembrar. Recluso no escuro, sem eira e nem beira, procura a chave da porta para sair correndo, para qualquer lugar.
Qualquer lugar que o receba e lhe dê oportunidades. O desejo é de se encontrar, nem que para isso tenha que se perder.

4 comentários:

Loba disse...

em geral, precisamos nos perder para conseguirmos nos encontrar.
ele, seja quem for, encontrar-se-á... se lhe for dada a oportunidade, né?
um beijo, ju

D'angelo disse...

As vezes é bom não se encontrar, como algo que é bom ficar sempre incompleto sabe?

Bjuxxxx linda!!!

Donaella disse...

Algo que dê pertença ou norte, entendo demais.
Que o norte chegue e que transforme e sacuda as expectativas!
Bj

Mary disse...

As reclusões ou as prisões nos levam a valorizar a liberdade e o que podemos fazer quando nos sentimos livres. No momento em que a chave é encontrada, o ímpeto de ganhar a vida imediatamente nos leva a correr por impulso. O 'se encontrar' implica muitas vezes em se perder... E se for assim, que seja!
Um beijo e bom início de semana.
;)

Postar um comentário

Deixe seu lapso aqui.